Washington de Souza: 100 anos de nascimento e exemplo de luta

0
53

Em 22/06, Washington José de Souza (já falecido), que presidiu o SINTRACOM-BA nos anos 90 e é uma grande referência da retomada do sindicalismo combativo baiano e da luta classista, completou 100 anos de nascimento.

Washington Souza, presente sempre!

Washington de Souza: 100 anos de nascimento e exemplo de luta

Um homem guerreiro e cheio de sonhos por uma sociedade desenvolvida, justa e humana para todos. Exemplo para quem quer transformar a vida da classe trabalhadora. Seguramente, essa é apenas uma tentativa de resumir a trajetória rica e a vida dedicada de Washington de Souza à luta da classe trabalhadora.

Professor e exemplo para muitos dirigentes sindicais que iniciaram suas trajetórias acompanhando a sua liderança, Washington foi importante espelho na formação cidadã dos seus filhos. Quase todos seguiram seu legado de defender causas sociais, dos estudantes, da juventude, das mulheres e de outros segmentos sociais. E olha que ele teve uma vida sempre corrida, em muitos momentos longe da família, seu porto seguro. Dois de seus filhos, membros da direção estadual do PCdoB, falaram sobre essa data especial.

Rosa de Souza, presidenta da CTB Bahia e do SintraSuper, tem o pai como um homem fantástico. “Esteve sempre na linha de frente da organização de várias categorias da classe trabalhadora. Ajudou o seu partido de coração [o PCdoB] a formar várias lideranças sindicais, e contribuiu para organizar e muitos sindicatos na Bahia, que tiveram o seu DNA de luta. Todos com quem converso, lembram da sua liderança, da sua descontração, dos feijões de dona Lourdes [sua esposa] quando tinham atividades, especialmente aos domingos. Exaltam sua garra, sua coragem e sua determinação na luta contra quem queria diminuir o papel da classe trabalhadora”, pontua.

Segundo a dirigente, essa liderança contaminou seus filhos. “A maioria se filiou ao PCdoB e se encontra em algum espaço político, ajudando a melhorar nossa sociedade. Quem não se filiou, vota nos candidatos do partido. É uma honra ser filha de Washington. Se sou presidenta de uma central sindical, tem esse legado do meu pai, que segue sendo minha maior inspiração, e de muitos sindicalistas. Viva os 100 anos do guerreiro Washington de Souza, o líder de uma das maiores greves na Bahia, a ‘Revolta dos Peões’ [trabalhadores da construção civil]”, celebra.

LÍDER FORTE E APRENDIZADO

Secretário do Trabalho, Esporte e Lazer da Prefeitura de Lauro de Freitas, Uilson de Souza destaca algumas memórias especiais. “Certa vez teve uma movimentação diferente próximo ao Shopping Barra (rua da Roça da Sabina), não havia tantos prédios e a rua era usada como estacionamento. Um grupo de homens se escondiam abaixados atrás dos carros e um vizinho nosso de nome ‘Camarão’ avisou a minha mãe que aqueles homens estavam atrás de meu pai. Era a luta contra a carestia e achavam que meu pai era um dos líderes do quebra-quebra”, lembra e Uilson também ressalta a figura do pai na luta política. “Washington foi um líder forte, de discurso vibrante que marcou sua passagem na luta política e social em nosso estado. Seu desaparecimento físico que completaram 25 anos não foi suficiente para apagar sua grande e longa contribuição. Viva o centenário de Washington José de Souza, um homem de lutas e sonhos que marcaram a vida e a história de muita gente. Washington vive em nossas ações cotidianas e na vontade de combater as injustiças”, destaca.

Dirigente histórico da construção civil e parceiro de Washington na luta por vários anos, Florisvaldo Bispo, Secretario Geral do SINTRACOM-BA, reforça o papel do ex-dirigente. “Ele tinha muita convicção nas suas ideias e uma personalidade forte. A gente debatia com muita energia os melhores caminhos para realizar as ações do sindicato, garantindo muitas conquistas para nossa categoria. Foi uma convivência política de muito aprendizado e muitas vitórias com Washington”, afirmou.

Fonte: Texto publicado no site da CTB Bahia